OdontoBarão
Creme Dental

Dentes brancos e bem cuidados são um do sinais mais evidentes de boa saúde. Prepare-se para escová-los bem e fazer do creme dental um aliado poderoso.

Quando aplicado corretamente com a escova dental, ele limpa os dentes, remove a placa bacteriana, confere polimento às superfícies e restaurações dentais e, de quebra, combate o mau hálito.

É difícil escolher a melhor opção diante de tantas ofertas na prateleira do supermercado, certo ?“A rigor não existe um produto que supere o outro em eficiência e segurança, dentro da sua indicação (anticárie, antitártaro, antiplaca, entre outros)”, avisa o dentista Heitor Panzeri, consultor do Departamento de Avaliação de Produtos Odontológicos da Associação Brasileira de Odontologia (ABO) e professor da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da USP. “A principal condição é que as substâncias usadas na formulação sejam compatíveis umas com as outras, para evitar que percam suas atividades”, alerta Panzeri.

Por isso, a melhor orientação virá do seu dentista. É ele que vai dizer o que merece uma atenção especial, assim ficará mais fácil descobrir qual princípio ativo procurar na pasta de dente.

É comum encontrar no mercado um creme dental específico para cada finalidade.“A especificidade é muito difícil, porque um mesmo produto também têm vários benefícios. Por exemplo, pode ter ação anticárie principalmente pela presença do flúor, mas ele não deixa de ter ação antiplaca”, explica o professor da USP.

Abaixo, veja quais são as principais substâncias presentes num bom creme dental.

• Antitártaro: Com pirofosfato, substância que impede a formação de tártaro, mas não remove o que já existe disso só o dentista é capaz.
Antiplaca: Com triclosan, um antimicrobiano, e flúor, entre outras substâncias que agem contra as bactérias da boca. É indicado especialmente para pessoas com problemas na gengiva.

• Ação Total ou Global: Indicado para pessoas que têm mais de 40 anos ou apresentam placa bacteriana e tártaro ao mesmo tempo. Combinam substâncias que evitam placa, tártaro e inflamações na gengiva.

• Bicarbonato de sódio: Além de abrasivo, o bicarbonato neutraliza os ácidos da placa bacteriana e diminui a proliferação de fungos nas mucosas. Boa opção para quem vive beliscando massas e doces.

• Branqueadores: Suaviza manchas causadas por pigmentos de café e de refrigerantes, que impregnam os dentes. Graças à ação oxidante do peróxido de hidrogênio e de abrasivos presentes na formulação.

• Herbal ou Fitoterápico: Para gengivas sensíveis. Contam com antibióticos e antiinflamatórios naturais que atuam nas mucosas, como própolis, mirra, sálvia e malva.

• Sem flúor: Crianças que engolem a espuma feita pela pasta e pessoas que não necessitam do poder remineralizante do flúor (porque têm coroa em vez de dente, por exemplo) podem usufruir desse tipo.

• Dessensibilizantes: Para dentes sensíveis a calor, frio ou doces. Suas partículas de nitrato de potássio recobrem a área desfalcada de esmalte, diminuindo a sensibilidade.

• Infantil: Possui menor concentração de flúor do que as pastas de dentes convencionais e é indicado dos 3 anos, quando a criança consegue cuspir a espuma, até os 12 anos.

Rua Antonio Galvão de O. Barros, 18
Barão Geraldo - Campinas - SP
Fone: (19) 3385-2480 ou 3307-2480